quarta-feira, 12 de junho de 2013

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Dá-lhe meme requentado!

Enquanto arrumo tempo para re-postar as tirinhas da Preguiça, aí vai uma que não é minha, mas eu que traduzi no geradordememes.com:



sábado, 25 de maio de 2013

De volta!!!

Opa! Quanto tempo! Já que estou correndo risco de alguém visitar meu blog (por acidente, curiosidade, azar, vai saber), vou voltar a postar! Aqui, um esqueminha que encontrei no site 9gag.com (ótimo site colaborativo de humor). Tamo de vorta!


* eu estudo, eu faço a prova, eu passo, eu esqueço o que aprendi

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Tirinhas dos outros


Olá! Quanto tempo?! Por que será que minha personagem principal (única) se chama preguiça? Vai saber... Acima, uma tirinha que fiz no site leninja.com.br. Eu quase morro de rir com as tirinhas dos caras, mas como não sei se vão postar lá, vai aqui a bagaça. Abraçossssss

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Preguiça de postar

Quando dá preguiça de postar, lá vem ela!

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

"Quem não sabe fazer, ensina" parte 2




Mais um exemplo como resposta contrária a esse ditado inadequado: Esperanza Spalding. O link leva ao seu site oficial. Além disso, dá pra pegar coisas no Google e via torrent também. Do balacobaco!

E o kiko?! Trecho do seu verbete na Wikipédia pra explicar:

"Esperanza canta em inglês, espanhol e português. Tocou acompanhada por grandes nomes do jazz, como Pat Metheny, Joe Lovano, Michel Camilo e Donald Harrinson. Foi mencionada pela revista Down Beat como "a melhor baixista em ascensão". Compõe e leciona no Berklee College Of Music em Boston, sendo a mais jovem professora da instituição."

O grifo é meu. Deu pra entender, agora?!

Dá só uma olhada na performance da mulher:





quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

"Quem não sabe fazer, ensina"




Este post é para agradecer a gentileza feita pelo meu irmão em seu blog, que postou um vídeo ensinando a fazer maionese. Antes, por e-mail, havia me enviado um vídeo do Chef Ramsey ensinando a fazer maionese com processador de alimentos. Depois, vi outro progama ensinando a fazer mais ou menos do mesmo jeito. Conversei com meu irmão por e-mail e telefone. Comprei um fouet (porque não tenho processador), fiz mostarda caseira e enrolei uns 3 meses até tentar fazer a maionese. Deu errado: força demais, claras misturadas às gemas e o negócio ficou com cara de sorvete de creme derretido. Contei a "proeza" pro CH e ele, gentilmente fez o vídeo em seu blog. Pra quem não viu, clique neste link. Ontem, arrisquei novamente e acertei! Ficou boa a danada! Daí, me veio a frase que o chef Ramsey falou para uma das candidatas do programa "Hell's Kitchen", uma professora de culinária que colocou açúcar em um risoto: "Sabe o que dizem sobre as pessoas que não sabem cozinhar no nosso ramo? Elas ensinam!" Este post é pra discordar dessa ideia frouxa, que existe em vários ramos profissionais (músicos, atletas etc.). Meu irmão sabe fazer e sabe ensinar. A diferença entre a maionese-sorvete-derretido e a maionese-beléz foi o professor.